Fechar
Acesso restrito


Notcias

05/12/2017 - Recursos humanos: gente feliz produz mais e melhor

Empresas investem em programas para manter colaboradores com corpo e mente saudáveis



A busca por resultados em prazos exíguos e a pressão do mercado de trabalho levam, com frequência, profissionais ao estresse. O adoecimento pode aparecer em forma de dores de cabeça, alergias, medo, impaciência, perda de memória, entre outros sintomas.

Nos últimos quatro anos, os transtornos mentais e comportamentais foram a terceira maior causa de afastamento dos trabalhadores brasileiros. Por essa razão, empresas começaram a ir além da ginástica laboral e comemorações mensais de aniversário. Embora essas práticas sejam bem-vindas, é preciso ir mais a fundo para manter os colaboradores com o corpo e a mente saudáveis.

Os programas de cuidados com a saúde mental podem ser formatados de maneiras diversas, mas é necessário investigar o que causa o adoecimento dos funcionários. “Ainda há entraves para se falar de saúde emocional, mas a cultura corporativa vem mudando”, afirma a psicóloga e proprietária da Mental Clean, que presta serviços de orientação em saúde emocional e tratamento para dependência química, Fátima Macedo. Entre os clientes atendidos por ela, estão Unilever, Abyara, Petrobras, Metrô de São Paulo e, entre outros, a mineradora Vale com 1,2 mil empregados. Em cinco anos de programa, foram atendidas 277 pessoas na multinacional, sendo que 42% tiveram alta após o tratamento e 21% continuam em acompanhamento.

Ao longo do processo, são descobertos casos de ansiedade, déficit de atenção, depressão, esquizofrenia, bipolaridade, hiperatividade, entre diversos outros distúrbios. Os abusos de álcool e drogas são considerados à parte, em projetos específicos.

Além dos programas que amparam as empresas, os associados GBrasil também realizam ações para dar suporte emocional aos colaboradores. A EACO - Consultoria e Contabilidade (GBrasil | Curitiba – PR) realiza orientações, treinamentos comportamentais, massagens, entre outras atividades. A T&M Consulting (GBrasil | Santa Maria – RS) oferece alongamentos duas vezes ao dia, massagem semanal, almoços especiais, entre outros benefícios. Já a RG Contadores Associados (GBrasil | Florianópolis – SC) incentiva os funcionários a doar sangue, a trocar elevadores por escadas e reduzir o expediente às sextas-feiras, entre outras práticas.

A administradora Luciana Nardini, que presta serviços de “organização e planejamento para pessoas” na LN Assessoria Pessoal, critica a criação de programas cujo objetivo seja apenas obter pontos em rankings e certificações empresariais. Com 22 anos de experiência em departamentos de RH corporativo, ela analisa que o melhor caminho para implantar políticas efetivas é ouvir as demandas dos funcionários, que seriam reveladas principalmente no contato direto com gestores e, em paralelo, por pesquisas internas sazonais. “Cheguei a trabalhar em companhias nas quais o chefe direto não sabia nem se o empregado era casado, se tinha filhos. Para que o programa de saúde física ou mental funcione, é necessário que o gestor conheça muito bem a equipe dele. O essencial é que o colaborador se sinta realmente acolhido e amparado”, diz.

Veja a matéria completa na revista Gestão Empresarial nº 41, página 12.

Newsletter

Rua Clodomiro Amazonas, 1435
So Paulo - SP - 04537-012
e-mail: contato@gbrasilcontabilidade.com.br
Tel: (11) 3814-8436
veja o mapa