Fechar
Acesso restrito


Notcias

29/01/2018 - Setor de franquias inova durante crise e chega a crescer 8% em 2017 no Pas

Para 2018, segundo estimativa da ABF, franchising deve ter aumento entre 9% e 10%



O setor de franquias no Brasil registrou crescimento de 8% em 2017 em relação ao ano anterior, com a receita passando de R$ 151,2 bilhões para em torno de R$ 163 bilhões. É o que aponta os dados preliminares da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Para o vice-presidente da entidade, André Friedheim, o consumidor faz apostas mais “certeiras” nos momentos de crise, o que beneficia o crescimento das franquias que já carregam conceitos de negócio e referências importantes para o cliente. “Além disso, as próprias inovações que o setor buscou durante a crise – como novos formatos de lojas, novos canais de distribuição na internet, venda porta a porta e novas tecnologias – favoreceram o avanço do franchising no País”, comenta.

Segundo a entidade, as franquias que mais se destacaram em 2017 foram das áreas de saúde e beleza, bem-estar, educação e alimentação. Em relação a esse último item, a ABF ressalta o consumo fora de casa e o serviço delivery – muito forte no setor.

Para 2018, a representante brasileira oficial do franchising estima que o faturamento seja ampliado entre 9% e 10%. “O setor de educação deve continuar crescendo, incluindo as áreas relacionadas ao desenvolvimento de aplicativos e programação. A área de alimentação também deve ter um aumento, já que muitos shoppings serão inaugurados neste ano. Outros setores que devem seguir em elevação em 2018 são de estética, saúde e beleza, bem-estar e o turismo como um todo”, adianta Friedheim.

Geração de empregos

A prévia da ABF ainda aponta que o número de empregos gerados pelo setor de franquias em 2017 cresceu 1% no comparativo anual, alcançando aproximadamente 1,2 milhão de trabalhadores diretos. Em 2018, o aumento de empregos no franchising é estimado em 3%.

Unidades e marcas

A expansão das unidades em 2017 foi de 2%, de acordo com a estimativa da associação, passando dos 145 mil pontos de vendas. Para 2018, a quantidade de redes de franquias deve ser ampliada em 3%.

Já em relação às marcas, a prévia da ABF indica redução de 6% em 2017, com cerca de 2,8 mil redes atuantes no mercado brasileiro. A previsão é de que o número de marcas deva se manter estável neste ano.

Como se preparar para abrir uma franquia?

Segundo o vice-presidente da ABF, a franquia é um negócio como qualquer outro e, por isso, o empreendedor precisa ter empatia e afinidade com a marca, além de conhecer todos os riscos que ele pode enfrentar. “Por exemplo, se o seu investimento for de R$ 200 mil, tenha o dobro do capital necessário. Não se endivide para entrar em um novo negócio. E, por fim, realize muito estudo de mercado para entender se o franqueador entrega tudo o que promete”, recomenda.

Veja também

Com o que se preocupar na hora de escolher uma franquia?

Newsletter

Rua Clodomiro Amazonas, 1435
So Paulo - SP - 04537-012
e-mail: contato@gbrasilcontabilidade.com.br
Tel: (11) 3814-8436
veja o mapa