Fechar
Acesso restrito


Notcias

08/03/2018 - Atuao feminina cresce ano aps ano no setor contbil

Mulheres são maioria nos cursos de Ciências Contábeis e têm ganhado cada vez mais espaço nos cargos de liderança



Como em diversas profissões, a atuação feminina no setor contábil tem crescido ano após ano. Prova disso é a quantidade preponderante de mulheres nos cursos de Ciências Contábeis no País. De acordo com o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), são 205,3 mil mulheres inscritas nas faculdades, ante os 150.125 mil homens. Os dados têm como base no último censo divulgado pelo Ministério da Educação (2016).

Ainda segundo o conselho, o Brasil tem 525.324 mil profissionais de contabilidade, sendo 224.796 mulheres. “Esses números mostram que a presença feminina vem se acentuando, o que comprova que daqui a algum tempo haverá uma situação de igualdade no setor”, analisa a conselheira efetiva do CFC, Lucélia Lecheta.

Para o presidente do GBrasil, Julio Linuesa Perez, a atuação da mulher na área profissional contábil é incontestável e tem aumentado e tomado seu justo lugar nesse mercado, que por muitos anos foi acentuadamente representado pelos homens. “Ao analisarmos os dados do CFC, constatamos que novos valores têm se agregado à enorme capacidade feminina de assumir de fato essa tão grata profissão e ampliar a capacitação holística em todos os seus aspectos, incluindo um grande preparo e desenvoltura no campo da tecnologia da informação (TI), tão necessária em todas as áreas, especialmente a contábil”, opina.
 
Além disso, as mulheres nos cargos de liderança têm ganhado mais espaço. Dos 27 Conselhos Regionais de Contabilidade (CRC), sete mulheres foram eleitas como presidentes (nos Estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Roraima, Rio Grande do Sul e São Paulo). No entanto, Elizangela de Paula Kuhn, diretora da De Paula Contadores (GBrasil | Foz do Iguaçu – PR), comenta que ainda há muito o que percorrer nos cargos de representatividade nas instituições nos órgãos de classe. “É muito importante que haja a participação feminina nos espaços de decisão no cenário nacional da profissão, onde é planejado o futuro de nossas carreiras.”
 
Dos 39 associados do GBrasil, há muitas mulheres que possuem cargos de grande relevância em suas organizações, sejam como sócias, sejam como diretoras. Dolores Biasi Locatelli, diretora da EACO Consultoria e Contabilidade (GBrasil | Curitiba – PR), lembra que quando começou no CRC-PR era a única mulher entre 17 conselheiros. Com isso, criou há 11 anos o Instituto Paranaense da Mulher Contabilista, juntamente com cinco contadoras, a fim de discutir temas técnicos e desafios profissionais. “Vejo que as mulheres contabilistas são vencedoras, e a expectativa é que elas estejam mais inseridas nessa profissão, como gestoras de grandes e pequenas empresas ou como consultoras. É um leque muito grande.”

“Embora as mulheres ocupem aos poucos o comando das empresas e dos órgãos de classe, é importante ter um equilíbrio: homens e mulheres devem dividir espaço e poder. Um não deve dominar o outro e muito menos subjugar”, ressalta Simone Zanon, diretora da T&M Consulting (GBrasil | Santa Maria – RS).

O GBrasil parabeniza a todas as mulheres contabilistas pelo Dia Internacional da Mulher!

Newsletter

Rua Clodomiro Amazonas, 1435
So Paulo - SP - 04537-012
e-mail: contato@gbrasilcontabilidade.com.br
Tel: (11) 3814-8436
veja o mapa