Fechar
Acesso restrito


Notcias

14/03/2018 - IRPF 2018: saiba como declarar auxlio-doena

Benefício é considerado isento e deve ser declarado em Rendimentos Isentos e Não Tributáveis



Entre um dos rendimentos isentos do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF 2018), está o auxílio-doença, benefício dado ao segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que comprova a incapacidade para o trabalho em decorrência de doença ou acidente.

De acordo com o artigo 48 da Lei n.º 9.249/95, o auxílio-doença é considerado isento quando pago pela previdência oficial da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e pelas entidades de previdência privada. “O benefício deve ser declarado na ficha de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis no IRPF 2018”, comenta Patricia Martins Silva, gerente de atendimento da RG Contadores (GBrasil | Florianópolis – SC).

Socorro Maciel, gerente paralegal da Marpe Contabilidade (GBrasil | Fortaleza – CE), alerta que é importante checar o informe de rendimentos para ter a certeza de que o auxílio-doença é caracterizado da maneira correta para a isenção. “No caso de servidores públicos das esferas estadual e federal, o informe de rendimentos pode vir como Rendimentos Tributáveis, caso o funcionário esteja de licença para tratamento de saúde”.

Esta matéria faz parte da série especial do GBrasil que tira dúvidas dos contribuintes sobre diversos temas do Imposto de Renda 2018. Acompanhe!
 
Veja também

IRPF 2018: tabela fica sem reajuste novamente

IRPF 2018: como se faz o câmbio de receitas recebidas fora do Brasil?

IRPF 2018: como evitar a bitributação?

IRPF 2018: início da declaração começa nesta quinta-feira (1º)

IRPF 2018: declarantes devem informar CPF dos dependentes a partir de oito anos de idade

IRPF 2018: como declarar filhos dependentes de pais separados?

IRPF 2018: Como informar despesas médicas que são dedutíveis?

Newsletter

Rua Clodomiro Amazonas, 1435
So Paulo - SP - 04537-012
e-mail: contato@gbrasilcontabilidade.com.br
Tel: (11) 3814-8436
veja o mapa